Curiosidades

Pipoca: tudo que uma pessoa apaixonada por pipoca precisa saber

Tudo o que qualquer apaixonado por pipoca precisa saber.

O que é pipoca

Se vamos falar de pipoca, o primeiro passo é entender o que de fato que é a pipoca, certo? Pode parecer óbvio mas ela é muito mais do que um floquinho branco, macio e delicioso. Antes de qualquer coisa:

O que é pipoca:

Pipoca é um alimento integral, produzido através do aquecimento do grão de milho de pipoca.

Geralmente associada a filmes e cinema, a pipoca hoje pode ser facilmente encontrada em qualquer lugar do mundo. Vendida em carrinhos ou feita dentro de casa mesmo, sua popularidade é devida ao fato de ser considerado um alimento extremamente saudável, fácil de fazer e muito saboroso.

Existem centenas de espécies diferentes de milho espalhadas pelo mundo. O milho plantado para a produção de pipoca é de uma variedade especial, com espigas geralmente menores que as do milho comum. O próprio milho de pipoca pode ser encontrado na natureza com dezenas de variações. Todos eles originados de um capim selvagem cujo nome científico é Zea Mays Everta.

Apesar de fisicamente semelhantes, nem todos os tipos de milho têm a habilidade de virar pipoca quando aquecido. Para entender este fenômeno, é necessário conhecer a anatomia de cada semente.

Toda grão de milho é composto por 3 elementos: o gérmen (embrião da semente), o endosperma (amido / carboidrato) e o pericarpo (casca de celulose / fibras).

Estrutura do Milho de Pipoca: Pericarpo, Gérmen e Endosperma.

O endosperma é o principal elemento da pipoca. É o dá sabor e que apresenta maior teor de carboidratos, uma vez que é composto por partículas de amido duro ou cristalino. Geralmente encontrado na cor branca, ele ocupa a maior parte do grão. Sua função é oferecer energia para que o embrião da semente possa se desenvolver durante o cultivo.

A casca externa do milho, também conhecida como pericárpio, é feita de celulose, um material forte e resistente que compõem as fibras alimentares e protege a semente.

A variação das cores dos diferentes tipos de milho também se deve a variações das cores do pericárpio. A mais popular é a amarela, mas que pode apresentar coloração branca, azul, vermelha, etc.

Já o embrião, ou gérmen, é a parte central e mais importante da semente. Carrega toda a carga genética da pipoca e grande parte dos nutrientes da pipoca.

Mas porque entender a anatomia de um milho de pipoca é importante para saber porque a pipoca estoura? Justamente porque causa da estrutura do grão de milho e a forma que cada um destes elementos se comporta quando a pipoca é aquecida que fazem a mágica acontecer.

Porque a pipoca estoura

Deixamos o milho de pipoca no fogo por alguns minutos e POP! Um floco branco, macio e muito saboroso surge para nossa alegria!

pipoca estourando

Para os nossos antepassados índios, isso era culpa de um espírito vivia dentro de cada milho de pipoca. Quando colocávamos este grão no fogo, a alta temperatura irritava este espírito, até o momento em que ele estourava a sua própria casa, fugindo em formato de vapor!

Se você é do tipo cético como nós, não se preocupe. Existe uma explicação mais sem graça científica sobre porque o milho vira pipoca!

Tudo ocorre por causa da água! Assim como qualquer outro grão ou semente, o milho de pipoca contém água em seu interior. Geralmente 14% do peso do milho de pipoca é devido à quantidade de água no milho.

Quando aquecida, a água no interior do milho de pipoca vira vapor. Como a sua casca é dura e resistente, este vapor fica retido no interior do endosperma, amolecendo o amido ali presente.

Quanto mais quente fica, maior a pressão interna! Até o momento em que a casca não resiste mais e se rompe. Expulsando o vapor e o amido gelatinoso para fora.

Assim que ocorre a explosão, a liberação do vapor faz com que a temperatura do milho caia rapidamente e o amido volta ao seu estado sólido. O resultado desta explosão é o floco amido bem mais macio que o anterior e de 40 a 50 vezes maior do que o original.

Mas se todo milho tem água, você pode estar se perguntando: porque isto não acontece com todos os grãos ou sementes quando aquecidos?

A resposta está na casca! O milho de pipoca tem uma casca que impede a saída do vapor, diferentemente do milho verde comum, por exemplo, que tem uma casca macia e permeável. O mesmo vale para o arroz, trigo, feijão, etc.

A casca do milho de pipoca é tão resistente que quando se rompe, o barulho é característico e faz que a pipoca saia voando por aí!

Parece simples não é? Mas você sabe como nossos antepassados descobriram este segredo? É o que vamos explicar a seguir.

A origem da pipoca

Nas profundezas das cavernas Mexicanas, arqueólogos encontraram o mais antigo vestígio de milho de pipoca. Estima-se que sua idade ultrapassa os 5,500 anos e continuam pipocáveis!

Mas provavelmente a pipoca é mais antiga ainda. Na verdade, quando você está comendo pipoca, provavelmente está comendo o mesmo petisco que os nossos primeiros ancestrais.

Maquina de Pipoca ProfissionalPowered by Rock Convert

Um fato que reforça essa possibilidade, são estudos genéticos com pólens de milho com mais de 80.000 anos, idênticos aos milhos de pipoca modernos.

Dizem que as primeiras pipocas foram originalmente estouradas em pedras quentes, próximas a fogueiras armadas nas tribos e acampamentos pre-colombianos. Assim que os milhos se aqueciam, começavam a estourar para diferentes direções, sendo uma grande brincadeira entre todos. Quem conseguisse pegar, recebia como prêmio uma deliciosa pipoca! (Uma ótima sugestão de brincadeira para fazer em casa com as crianças. Só não esqueça dos óculos de segurança)

Voltando para 3000 A.D, existem diversos relatos de pipocas antigas encontradas não somente no México, mas como também no Estados Unidos e Peru. Por mais que a pipoca tenha se desenvolvido no México, ela também se deu muito bem na China, Sumatra e India.

Na época que os Europeus invadiram a América, os povos locais já dominavam mais de 700 tipos de milho de pipoca. Existiam diversos tipos curiosos de pipoqueiras, algumas que inclusive eram utilizadas como acessórios.

Os europeus, quando foram apresentados a pipoca, se apaixonaram na mesma hora. Principalmente no café da manhã, servidas com açúcar ou creme, transformando a pipoca em um dos primeiros cereais matinais.

Avançando algumas centenas de anos, na época da grande depressão Norte Americana, a pipoca se popularizou de forma significativa. Sendo um petisco relativamente barato para a época, os negócios relacionados a pipoca prosperaram bastante.

Enquanto a diversos produtores de petiscos e doces passavam dificuldades, os produtores de pipoca se consolidavam. Nesta época, o americano passou a consumir quase 3 vezes mais pipoca.

Hoje em dia, o Brasil é o segundo maior consumidor de pipoca do mundo, perdendo apenas para o EUA, que consome mais de 1 bilhão de kg. de milho de pipoca por ano.

Será que consumir tanta pipoca assim faz bem? Por incrível que pareça a pipoca é um dos alimentos mais saudáveis que existe. Confira alguns dos benefícios da pipoca abaixo.

Benefícios da Pipoca para a saúde.

É difícil acreditar que um petisco tão gostoso pode ser saudável! Mas é verdade. Além de não engordar, a pipoca apresenta diversos benefícios pra sua saúde. Listamos alguns deles a seguir:

  1. Ajuda no combate doenças cardíacas por ser fonte significativa de antioxidantes.
  2. Ajuda na prevenção do câncer.
  3. É divertido de fazer e de comer.
  4. Melhora o sistema digestivo e intestinal.
  5. Auxilia no controle do diabetes.
  6. Atua na perda de peso por ser rica em fibras e pobre em calorias.
  7. É um alimento sociável: ideal para dividir com amigos e com a família.
  8. Combate efeitos da idade porque combate os radicais livres.
  9. Atua como fonte de energia e na prevenção de doenças.

Pipoca Integral
Pipoca é um alimento integral, com quando quantidade de fibras, carboidratos de alta qualidade e baixa caloria.

Isso significa que comer pipoca da a sensação de saciedade por mais tempo, principalmente comparada a outros petiscos e alimentos que consumimos com esta finalidade.

A pipoca feita sem óleo no microondas ou na pipoqueira elétrica contém apenas 30 calorias por porção. Se feita com óleo, este valor passa para 35 calorias e com manteiga de 80 a 90 calorias pela mesma porção.

Confira a tabela nutricional completa da pipoca.

Os riscos de pipoca de microondas

O microondas revolucionou a forma como consumimos pipoca em casa. Se fazer pipoca na panela já era fácil, colocar um saquinho no microondas e esperar 3 minutos para comer sua pipoca é ainda mais simples.

Mas aqui no Clube da Pipoca nós recomendamos você pensar duas vezes antes de fazer isto. Alguns estudos indicam que a pipoca de microondas industrializada pode ser uma ameaça pra sua saúde.

O principal motivo é que as embalagens de pipocas de microondas industrializadas podem conter PFOA (perfluorooctanoic), um produto utilizado para colar as embalagens. E a regra é clara: se você não consegue soletrar algum ingrediente, é melhor você não consumi-lo. Além de ser um alimento potencialmente relacionado a alguns tipos de câncer!

Mas e a Pipoca de Microondas sabor queijo, churrasco ou pizza? Não é possível que isso seja natural! O mesmo vale para aquele cheirinho delicioso da pipoca de microondas sabor manteiga.

Pode até ser gostoso, mas o Dyacetil, produto comumente utilizado para aromatizar artificialmente a pipoca de microondas faz um grande mal pra sua saúde quando inalado.

Por mais que alguns fabricantes aleguem não utilizar mais o Dyacetil na fabricação da pipoca, não vale a pena arriscar né! Neste post explicamos melhor os riscos do Dyacetil.

Mas como fazer pipoca sem colocar sua saúde em risco? Calma! É mais fácil do que você imagina!

Faça sua pipoca do bom e velho jeito: na panela com ingredientes que você conhece! Neste post você vai descobrir como fazer uma pipoca perfeita! E aqui, você vai poder encontrar as melhores receitas de pipoca doce ou salgada para aquele sabor extra!

As melhores receitas de pipoca

Aqui no no Clube da Pipoca você vai poder encontrar as melhores receitas de pipoca de mundo! São inúmeras possibilidades para quem quer aquele sabor a mais em sua pipoca. Confira nossa lista de receitas por categoria:

Receitas de Pipoca Salgada
Cansado do tradicional? Conheça as melhores receitas com pipoca com ingredientes que vão muito além do velho e tradicional sal.

Receitas de Pipoca Doce
Dezenas de receitas de pipoca doce para quem quer ir muito além do açúcar. Explore as deliciosas pipocas de leite ninho, chocolate e muito mais!

Receitas com Pipoca
As melhores receitas com pipoca de modo simples e prático. Surpreenda seus amigos e familiares com sabores de pipocas diferentes e inusitados.

Compre Pipoca Online agora mesmoPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta