Receitas

Conheça os melhores Temperos para sua Pipoca

Melhores Temperos para Pipoca
Siga o Clube da Pipoca no InstagramPowered by Rock Convert

Se você é um amante de pipoca salgada, com certeza já deve ter tentado incrementar a sua com algum tipo de tempero para pipoca ou até criado o seu próprio.

Mas você pode pensar: “não preciso criar sabores, já que posso comprar pipocas de micro-ondas com todo tipo de sabor que existe…” Bom, nada contra comer pipoca de micro-ondas uma vez ou outra, mas já falamos em outro artigo sobre isso.

Produzir seus próprios sabores com ingredientes saudáveis e nutritivos faz bem à sua saúde e é bem mais divertido, vamos combinar.

Pensando nisso, reunimos nesse artigo uma compilação de ideias e receitas de tempero para pipoca para você fazer em casa. Então, ponha o milho para estourar e fique atento às nossas dicas quentinhas!

Pipoca com Sazón

Provavelmente você deve ter na sua casa tudo o que precisa para fazer essa pipoca temperada simples e deliciosa.

  • Milho de pipoca (de preferência de boa qualidade)
  • Óleo para pipoca
  • Um sachê de sazón vermelho (sabor carne)
  • Sal de sua preferência

Em uma panela coloque duas colheres do óleo escolhido.

Junte o milho de pipoca e o Sazón e mexa tudo com uma colher.

Tampe a panela e, quando o milho começar a estourar, agite de vez em quando para que as pipocas não queimem (não queremos que isso aconteça, certo?).

Transfira as pipocas para outro recipiente, polvilhe com sal a gosto e sirva em seguida (quentinha é sempre melhor 😉)

Pronto, em poucos minutos você aprendeu um novo tempero para pipoca e sua diversão ganhou uma pitada a mais de sabor de uma maneira prática e super econômica.

Fondor na Pipoca

Outra ideia prática e que deixará sua pipoca com um sabor excelente é utilizando Fondor, um realçador de sabor da Maggi.

Basta preparar sua pipoca da forma convencional, utilizando óleo de cozinha de sua escolha numa panela, levando-a ao fogo.

Quando todas as pipocas tiverem estourado, basta coloca-las em um outro recipiente e polvilhar o Fondor por cima sem pena.

Agora é só se deliciar com sua pipoca temperada

Ervas e outros temperos

Para aqueles que além de sabor querem acrescentar um quê a mais de saúde em seu lanche preferido, temos várias opções de temperos com ervas e outros temperos.

Anote aí outras opções de tempero para pipoca.

Dica: Experimente utilizar óleo de coco para fazer as pipocas a seguir, o gosto ficará incomparável!

Pipoca do Rancho

Essa é das boas. Para fazer esse tempero de pipoca você precisará de:

  • Flocos de cebola
  • Folhas de salsa
  • Folhas de manjericão
  • Erva daninha
  • Alho e cebola em pó
  • Pimenta preta (pimenta-do-reino)
  • Sal do Himalaia

Coloque todos esses temperos no liquidificador ou processador de alimentos até que se transformem em pó e pedacinhos bem pequenos.

Ao finalizar o preparo da sua pipoca, polvilhe-a com esse tempero caseiro maravilhoso e guarde o que sobrar em recipientes de alto nível de conserva, como em tupperwares ou até mesmo em recipientes próprios para temperos e especiarias.

Gostou dos ingredientes utilizados?

Ao finalizar sua pipoca, você terá ingerido potássio, ferro, cálcio, vitamina C, vitamina K e folato.

Ficou animado? Arregace as mangas e vasculhe os itens que você tem em seu armário!

Ideias de Sal para pipoca

O sal também é um componente importante no preparo de sua pipoca. Primeiro porque é ele a principal fonte de sabor da sua pipoca.

Segundo porque, dependendo do tipo de sal que você use, sua pipoca pode ficar mais saudável E terceiro porque o excesso de sal pode trazer riscos à saúde, então, é bom utilizá-lo com moderação Vamos trazer um resumo sobre as vantagens e características de cada um.

Sal marinho

O sal marinho é um tipo de sal natural, ou seja, sua produção consiste na evaporação da água do mar.

Por não sofrer processos de adição de produtos químicos ou refinamento, o sal marinho mantém suas características nutricionais e apresenta diversas cores, que vão variar de acordo com as características da superfície que foi evaporada para sua produção.

Sal Comum

O sal comum ou sal de mesa, é aquele sal que é produzido a partir do sal marinho, mas passa por processos de branqueamento e refinação, o que pode lavar seus micronutrientes e jogá-los pelo ralo.

Geralmente, o sal comum sofre adição de elementos como iodeto, já que o processo de lavagem e secagem industrial acaba eliminando o iodo natural que estava presente no sal.

Vale lembrar que o iodo é importantíssimo para a saúde pois é auxilia no bom funcionamento da tireoide.

Sal Light

Para aqueles que ouviram um enorme “não” do médico a respeito do consumo de sal, o sal light se apresenta como uma alternativa bem mais saudável.

Por possuir menos sódio do que o sal de mesa normal, o sal light é bastante indicado para pessoas com hipertensão.

Assim, crianças, adultos e idosos podem apreciar uma boa pipoca com sal.

Rosa

O sal rosa ou sal rosa do Himalaia, é produzido a partir da extração de depósitos de milhares de anos encontrados na cadeia de montanhas do Himalaia.

É considerado um sal marinho de alto teor nutritivo e um dos mais saudáveis para utilizar na culinária.

Riscos do excesso de sal

Na hora de polvilhar o sal na sua pipoca, escute sua consciência.

Assim como quantidades adequadas de sal são indispensáveis à saúde, seu uso exagerado pode agravar problemas de pressão alta.

Além da hipertensão, o sal em excesso pode causar complicações como retenção de líquidos, pedra nos rins e doenças do coração.

Por isso, ao preparar sua pipoca, não se esqueça de moderar no uso do sal.

Diga-me, pipoqueiro, depois de todas essas dicas de mestre, que tal experimentar essas e outras especiarias em sua próxima pipoca? Use a criatividade e bons ingredientes para fazer seu próprio tempero para pipoca!

Compre em nossa LojaPowered by Rock Convert

Comentar