Curiosidades

Consumo de Pipoca: onde se come mais pipoca no mundo?

consumo de pipoca no mundo

A popularidade da pipoca é realmente um estouro. Ao longo dos 12 meses do ano, quantidades colossais de pipoca são consumidas ao redor do mundo por crianças e adultos de todas as idades.

Você já viu aqui no site como se fala pipoca em russo e quais os temperos preferidos pelos alemães, mas ainda falta saber… Qual desses países ostenta o título de maior consumidor de pipoca no mundo?

Para responder a essa pergunta, escavamos raízes históricas e culturais de diversos países e chegamos a uma doce (ou salgada) conclusão.

Ah, e alerta de spoiler: nós, brasileiros, estamos entre os maiores consumidores de pipoca do mundo.

Preparado para assistir a essa corrida gastronômica? Então, pegue seu balde de pipoca e entre no clima!

Do berço à popularidade: onde a história começou?

Não é necessário apenas ser um alimento gostoso para cair nas graças de todo o povo. A pipoca precisou de muito tempo esquentando (de diversas e bizarras maneiras diferentes) antes de estourar e ser sucesso global.

Isso porque, estudos recentes remontam o cultivo de milho há cerca de 7.300 anos, ali pelas imediações das ilhas costeiras do Golfo do México.

Essa nova descoberta acrescenta pouco mais de 1.200 anos na história do milho, levando nossa querida amiguinha para o hall de alimentos conhecidos mais antigos da humanidade.

Mas, vamos tratar desse assunto geograficamente: a América é o berço da pipoca, e a principal responsável por sua difusão ao redor do mundo.

Os astecas, maias e incas logo incluíram a pipoca em seu cardápio quando perceberam que os grãos estouravam quando expostos ao calor, abrindo-se em formas macias de cogumelos, borboletas e florezinhas brancas.

Hoje sabemos que a pipoca recebeu alguns empurrõezinhos para se tornar tão popular e presente nas mesas, salas de cinema, parques de diversão e aniversários (até entre os animais!).

Além do sabor incrível e das inúmeras variações de receitas (que incluem pipocas doces, gourmet, com temperos e molhos diferentes) a pipoca é um alimento rico em ferro e fibras, o que o torna uma ótima opção de lanche saudável.

Mas, cá entre nós, foram as salas de cinema e o advento das pipocas de micro-ondas que elevaram os níveis de consumo de pipoca às alturas.

Agora, deixemos de falar de história e vamos aos dados. Quem é o país campeão e quantas toneladas de pipoca são consumidas por ele?

#1 Estados Unidos

Se você já imaginava que o país do Tio Sam havia saído na frente nessa corrida, você acertou.

Só no ano de 2008, os dados apresentavam um consumo de 400 mil toneladas de pipoca em um ano! (Agora, imagine esse resultado 10 anos depois!)

Mas não pense que esse título de maior consumidor de pipoca caiu de paraquedas na América do Norte. Lembra que falamos sobre a pipoca ser um alimento de milhares de anos encontrado na América?

Bom, antes de Colombo descobrir as terras americanas, os índios do Norte já utilizavam a pipoca como alimento e até mesmo como enfeite e ornamento de cabelo. (Imagine então uma coroa feita de pipoca!)

Mas não foi apenas por surgir na América que os Estados Unidos ficaram com o primeiro lugar.

Alguns eventos em especial foram determinantes para que os EUA popularizassem a pipoca e difundisse seu consumo pelo mundo.

Um deles foi quando a pipoca se associou diretamente às salas de cinema, a partir da invenção das máquinas de pipoca que figuravam bem à frente dos cinemas americanos.

Maquina de Pipoca ProfissionalPowered by Rock Convert

Uma vez que a pipoca era um dos poucos luxos a qual os americanos podiam desfrutar na crise de 29 – por ser um alimento economicamente acessível – a pipoca ganhou ainda mais apreço pelos americanos, e quando as pipocas de micro-ondas surgiram, o combo estava finalizado: praticidade, sabor e cultura se fundiram e a pipoca virou sinônimo de momentos de diversão e lazer.

Por isso você vê pipoca em todos os lugares que possa imaginar: parques de diversão e cinemas são os campeões em estouradas por minuto!

#2 Brasil

Ora ora, eis que estamos em segundo lugar da lista como o país mais apreciador desse lanche maravilhoso.

Com 70 mil toneladas de pipoca por ano, esses dados do mesmo ano mostram que a procura do brasileiro por pipoca vem aumentando muito e tende a se tornar cada vez maior.

Não precisamos trazer de volta o apanhado histórico do começo desse artigo, mas a proximidade com as terras americanas trouxe sim uma boa vantagem para nós.

Sem contar que bem aqui do lado, no Peru, foram encontrados grãos de pipoca coloridos… Mas, vamos pensar… Como a pipoca virou sensação no Brasil? (tem até um dia dedicado a pipoca).

Somos um país conhecido mundialmente pela irreverência e por sermos, erm… Um tanto festeiros, certo?

A pipoca como um alimento ligado diretamente à diversão, cinema, maratona de séries e futebol não poderia crescer melhor do que em um país igualmente fanático por todo esse entretenimento, certo?

Certíssimo! O Brasil vem aumentando exponencialmente o consumo e a produção de pipocas de todos os tipos e durante eventos como a Copa do Mundo as vendas quebram recordes e mais recordes de mercado.

Para se ter uma ideia, na Copa de 2014, sediada no Brasil, o consumo de pipoca aumentou cerca de 400%, segundo o diário gaúcho.

Em 2018 não foi diferente. Com o crescimento da indústria de pipocas gourmets e pipocas prontas, não foram só os números em vendas que aumentaram, mas a criatividade de muitos microempresários.

Era pipoca verde e amarela, bolos de aniversário com pipoca temática da copa e inúmeros sabores típicos da culinária brasileira.

Toda essa versatilidade da pipoca se deu bem com o povo brasileiro e sua criatividade, nos colocando nessa posição de destaque.

Enquanto países como a Alemanha estranham o fato de comermos pipoca sem nenhum motivo aparente, a indústria brasileira constatou o que já era sabido: brasileiro come pipoca EM TODO LUGAR.

Não é à toa que os carrinhos de pipoca são campeões de venda também nos terminais de ônibus, onde o fluxo de pessoas é massivo e a busca pela pipoca como refúgio depois de um expediente puxado movimenta toneladas de pipoca por ano.

E, já que estamos falando de Brasil, você arriscaria chutar qual estado brasileiro tem aumentado seu interesse em pipoca?

Analisando os gráficos de pesquisa pela palavra “Pipoca” no Google, podemos dizer que o Rio de Janeiro encabeça essa lista, seguido de perto pelo Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Mato Grosso.

Algum desses é seu estado? Você tem percebido alguma movimentação pipoquesca maior do que o normal? Então, siga o fluxo dessa revolução gastronômica e seja um dos muitos pipoqueiros de sucesso do clube da pipoca!

Temos cursos especiais para quem quer se tornar um expert e produzir pipocas encantadoramente deliciosas!

E, para começar, você pode adquirir artigos para pipoqueiros profissionais na nossa loja, como máquinas de pipoca e milhos especiais para tornar sua pipoca muito mais atrativa para seus clientes.

Quer ver mais histórias de sucesso com pipoca, clique aqui.

Pipoca é um sucesso mundial. Que tal colocar a sua no mercado e aumentar os números? Só depende de você! Sucesso!

Compre Pipoca Online agora mesmoPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta